Descobertas Arqueológicas

RELEVO DA TUMBA DE PADIBASTET A tumba de Padibastet, vizir do Alto Egito no decorrer da XXVI dinastia (664 a 525 a.C.), foi descoberta na necrópole de el-Asasif na margem ocidental de Tebas, atual Luxor, no final de agosto de 2015. Curiosamente ela foi encontrada dentro do túmulo de Karabasken, governante daquela cidade durante a XXV dinastia (c. 770 a 657 a.C.). Trata-se, portanto, de uma reutilização do espaço. A tumba continha hieróglifos, relevos e características arquitetônicas que foram feitas especialmente para Padibastet. O corpo pode ter sido enterrado em um poço dentro do pátio, ou na câmara funerária principal da tumba de Karabasken. Grande parte da história das dinastias XXV e XXVI permanece envolta em mistério e desinformação. A XXVI dinastia marcou o início de um período após o qual tanto a cultura egípcia quanto as classes dominantes foram marginalizadas pelos novos governantes estrangeiros do país. Portanto, essa descoberta é muito importante pois pode revelar novos dados sobre aqueles que viviam naquela época. A ilustração mostra o falecido segurando flores de lótus. Foto Ahram Online.


ANDARILHOSRetorna

HOME PAGEHome page