Descobertas Arqueológicas

SARCÓFAGO DE ISISNOFRET Um túmulo da XIX dinastia (c. 1307 a 1196 a.C.) foi encontrado em 14 de fevereiro de 2009 em Abusir Sul, a noroeste de Saqqara, 40 km ao sul do Cairo, durante escavações de rotina. Estava enterrado a cerca de 4,6 m de profundidade no topo de um monte perto de um monumento de Khaemwese, quarto filho de Ramsés II (c. 1290 a 1224 a.C.). O conjunto todo mede 27 m de comprimento por 10 de largura. Na câmara funerária, que mede cerca de 16 m, foi encontrado um sarcófago de pedra calcária pertencente a uma mulher da nobreza. Dentro dele havia três esqueletos, ou seja, múmias bem degradadas. Ao que parece a tumba pertence a Isisnofret, uma neta de Ramsés II, filha única de Khaemwese. Entretanto, como Isisnofret era um nome comum naquela época, o túmulo também pode ter sido de uma das filhas de Ramsés II ou de uma de suas esposas, que foram cerca de duzentas. O complexo da tumba inclui a base de uma pirâmide, um portal monumental, um pátio com colunas e uma antecâmara com três capelas de culto. Capelas de culto frequentemente abrigavam os familiares do defunto em dias de banquete. Os parentes comiam e faziam oferecimentos de alimentos e de outros artigos a serem usados pelo morto. Para o caso da família não providenciar os bens verdadeiros, as paredes eram pintadas com oferendas e cenas da vida cotidiana. As capelas deste túmulo estão em ruinas, mas continham vários objetos funerários fragmentados decorados com hieróglifos. A área vem sendo escavada desde 1991.



ANDARILHOSRetorna

HOME PAGEHome page